Minha ScaNCut - Segunda Parte


Alem de adorar tecidos eu também adoro papel! No meu escritório tenho papeis pra todas as finalidades. Com a máquina de corte estava entrando num mundo novo.
Eu não sabia nem por onde começar e muito menos o que iria fazer!
Afinal o que era que eu faria com essa máquina?
De imediato já me abasteci de tudo quanto é papel, Fiz um curso pela internet que nada tinha a ver com a minha máquina. 
Vi alguns vídeos que me deixaram morrendo de medo de ligar a máquina com receio de quebrar. Não que os vídeos sejam ruins. O problema era comigo mesma.
O que mais me pegou nessa história toda era o medo de quebrar a máquina rsrsrs!
E nesse vai e não vai fiquei seis meses com a máquina guardada no armário.
Até que um dia abri o manual pela primeira vez e li atentamente os procedimentos.
Liguei a máquina, coloquei a esteira e a agulha, acessei o https://canvasworkspace.brother.com/pt/Home, vi aqueles vídeos maravilhosos pela primeira vez, liguei a máquina no meu computador, baixei alguns arquivos e sinceramente quase tenho um piri paco de tanta emoção!
Fiquei a noite acordada! Nunca tinha visto tanta coisa linda. 
Lembrei de um vídeo que dizia não usar a máquina sem entender como funciona, talvez essa fosse a minha dificuldade.
Agora entendia todas aquelas orientações, inclusive o cuidado por ser uma máquina delicada.
Hoje eu corto tecido para as minhas aplicações, e até uma boneca de pano estou pretendendo digitalizar o molde e cortar na máquina.
Super fácil! Não tem segredo, basta querer. E quando a gente quer a gente pode.
As peças acima, fiz na minha máquina. E na próxima postagem darei os créditos aos autores dos arquivos.
É claro que não sou uma expert no assunto. Estou aprendendo e nunca me arrependi em nenhum momento por adquirir a ScanNcut. Ao contrário. Foi a melhor terapia que já fiz na minha vida.

Até a próxima!

Postar um comentário

0 Comentários